Missão do BID a Porto Alegre visita Centro da Juventude Cruzeiro

A atividade fez parte da Missão do BID a Porto Alegre, que acontecem com regularidade para acompanhar o andamento do POD – Foto: Melina Fernandes/Ascom SDSTJDH

 

Os jovens do curso de Culinária do Centro da Juventude Cruzeiro prepararam um lanche da tarde especial nesta terça-feira (27), para receber a equipe do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que veio a Porto Alegre nesta semana. No menu, croque monsieur (típico sanduíche quente francês), salgados e bolos, sucos e café. Receitas que eles aprenderam nas aulas e que para alguns já garantem renda com vendas na comunidade.

A equipe também acompanhou a aula do curso de Corte de Cabelos e Embelezamento do CJ, que é gerido pela CUFA-RS. Depois, conferiu uma apresentação da turma de música e dança. Para os jovens atendidos no Centro da Juventude Cruzeiro, uma oportunidade de mostrar o trabalho para a entidade que financia o Programa de Oportunidades e Direitos (POD).

Para os representantes do banco, a forma de avaliar diretamente com o público alvo principal desta política pública se os recursos estão sendo aplicados de forma adequada e os resultados. “Estamos muito satisfeitos de ver que, em tão pouco tempo de atividade deste CJ, já temos resultados tão importantes como jovens já formados em cursos de qualificação, jovens que estão trabalhando outros empreendendo”, afirmou Dino Caprirolo, especialista em Modernização do Estado do BID em Washington (EUA).

A atividade fez parte da Missão do BID a Porto Alegre, que acontecem com regularidade para acompanhar o andamento do POD. Nessa segunda (26) e terça-feira (27), Caprirolo, junto com a analista do BID em Brasília, Kátia Souza, o coordenador do Escritório de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Aldo Peres, e do responsável pelo observatório do Fórum Nacional de Segurança Pública, Renato Lima de Souza, visitaram obras do POD, participaram de reuniões técnicas e alinharam ações para 2018.

Texto: Melina Fernandes/Ascom SDSTJDH
Edição: Léa Aragón/ Secom 

 

Posted in Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *